Roda de Conversa: por que devo ir a uma?

Roda de Conversa: por que devo ir a uma?

A gestação é um momento de profundas alterações no estilo de vida da mulher e das pessoas que a acompanham. Se normalmente já buscamos identificação e pertencimento em nossas vidas, durante a gravidez (e também no pós-parto) essas necessidades se intensificam. É muito comum surgirem medos, angústias e inseguranças que nem sabíamos que estavam ali, fazendo com que o acolhimento e o acesso à informação sobre o período se tornem fundamentais.

Mas onde buscar essa informação? Como conseguir o tão importante e desejado acolhimento? O apoio social e emocional que o casal/família precisa pode estar em diversos lugares. Muitas mulheres conseguem suprir sua necessidade na internet, em grupos de apoio virtuais e páginas especializadas. Outras preferem conversar sobre seus medos e angústias com a equipe escolhida para acompanhar a gravidez e o parto. Ainda há aquelas que encontram conforto nas palavras de amigas que estejam passando pela mesma situação.

As rodas de encontro e conversa entre grávidas e mães também são uma poderosa ferramenta de troca de apoio e informações.

Contato “real”
Por mais que você esteja bem informada e participe de muitos grupos em redes sociais, estar em contato com pessoas da “vida real” é extremamente importante. Abraçar, chorar e rir junto, ouvir as vozes, sentar ao lado são experiências reconfortantes para uma gestante e sua família. Saber como são as histórias sem a edição do mundo “online” pode ser uma experiência muito rica e completa.

Acolhimento
Nada melhor do que o alívio de perceber que há outras pessoas no mesmo barco. Mulheres e famílias que compartilham das mesmas dúvidas e inseguranças certamente estarão numa roda de gestantes com você. É possível trocar ideias com elas e ter a certeza de que as suas angústias são importantes e merecem ser ditas e ouvidas.

Convencimento familiar
Você quer um parto natural domiciliar, mas seu marido sempre achou a cesárea uma opção limpinha e segura? Você está cansada de mandar textos e referências para a sua família e ninguém dá bola, achando que você está seguindo uma “modinha da internet”? Leve-os a uma roda de conversa! Lá eles terão contato com histórias reais e poderão ver que você não é a única que pensa em parto natural, por exemplo. Ou que acha parto domiciliar uma opção legal para uma gestação de baixo risco (risco habitual). Conversar com outras pessoas que têm interesses afins pode abrir a cabeça de quem ainda não está totalmente convencido.

Conhecer equipe
A equipe que você tem afinidade está promovendo uma roda de gestantes? Excelente! É uma ótima oportunidade de conhecer esses profissionais, saber o que pensam, como agem, sentir a vibração deles e ver se rola “aquele clima” entre vocês. A construção do vínculo é uma base importante para uma gravidez e parto mais tranquilos. Aproveite a oportunidade e vá conhecer a equipe na roda de conversa!


Relatar uma experiência e ressignificar vivências

Se você já teve o seu filho, ir a uma roda também pode ser muito legal para relatar a sua experiência e encontrar mulheres no mesmo momento de vida. Sua história pode ser de grande ajuda para quem ainda não passou por isso e você ainda terá a possibilidade de reviver o que passou e dar novos significados às suas vivências. É uma oportunidade de escuta atenta e acolhimento.

Desmistificar questões
Seja ouvindo ou relatando, uma roda de conversa é sempre uma excelente oportunidade de desconstrução de valores e desmistificação de (pré)conceitos. Ao ouvir relatos, você dá um passo a frente para lidar melhor com seus medos e angústias, além de conseguir maior compreensão dos processos de gravidez, parto e pós-parto.

Tirar dúvidas
Se o que você quer mesmo é tirar suas dúvidas, a roda de conversa também pode ser o ambiente ideal. A não ser que a sua questão seja muito específica e pessoal, qualquer assunto pode ser abordado em uma roda. Além de ter profissionais à disposição para explicar o que você quer saber, as demais participantes também podem ajudar e indicar fontes e referências.

Na cidade do Rio de Janeiro, existem diversas equipes e grupos se reunindo quase todos os finais de semana e em alguns dias da semana, nos mais distintos bairros. Informe-se, escolha a roda que você preferir e participe!

Roda de Conversa: dia 22/10, vamos falar sobre o Parto em Casa

Roda de Conversa: dia 22/10, vamos falar sobre o Parto em Casa

Vamos falar sobre Parto Domiciliar? Vamos nos reunir em mais uma Roda de Conversas e o tema é este tão polêmico e cercado de dúvidas e preconceitos.

Venha relatar o seu parto em casa ou traga as suas dúvidas sobre como é o parto em casa! Imperdível!

Lembramos que o encontro é gratuito e está aberto a toda a família e amigos. Venham!

Roda de Conversa – Parto por Amor
Tema: Parto Domiciliar
Local: Rua Carlos de Vasconcelos, 155/sala 404 – pertinho do metrô da Praça Saens Peña, na Tijuca!
Data: 22/10, sábado
Horário: 09h30
Aberto e gratuito!

Receba nossas novidades por e-mail

Receba nossas novidades por e-mail

Quer saber de todas as novidades do Parto por Amor por e-mail? Você pode! Basta preencher o formulário abaixo e deixar o seu contato que você vai ser avisado de tudo que a gente anda fazendo, datas de Rodas de Conversa, Cursos e muito mais!

Inscreva-se!

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

IMPORTANTE: seus dados estão seguros com a gente, nós NÃO COMPARTILHAMOS endereços de e-mail com terceiros e nem abusamos da quantidade de envios, ok?!

Roda de Conversa: dia 10/09 vamos comemorar um ano de Roda!

Roda de Conversa: dia 10/09 vamos comemorar um ano de Roda!

Nossa Roda de Conversa já tem nova data e vai ser muito especial! No dia 10/09 (sábado), às 9h30, nos reuniremos na Tijuca para comemorar um ano de Roda de Conversa Parto por Amor! UM ANO! Foram muitos encontros, relatos, dúvidas, lágrimas, sorrisos, fotos, bebês e famílias. Para celebrar essa data tão especial, falaremos do nosso tema mais querido: parto! Venha relatar seu parto, escutar diferentes histórias, conhecer a nossa equipe e festejar com a gente esse ano maravilhoso que passou (vai ter bolinho e tudo!).

A Roda de Conversa é aberta e gratuita (colaborações para manutenção do espaço são bem-vindas).

Confirmações por e-mail: partoporamor@partoporamor.com.br

Esperamos vocês!

36 músicas para o seu parto

36 músicas para o seu parto

Uma das coisas mais gostosas e relaxantes de um parto em casa (ou no hospital, mas que tenha o mínimo de liberdade e respeito) é poder escolher a trilha sonora. Pode parecer supérfluo, mas uma boa música pode te ajudar a relaxar e entrar em contato com os sentimentos e sensações desse momento maravilhoso que é o nascimento de um filho.

Pensando nisso, criamos uma lista com o nosso top 36 das melhores músicas para ouvir ao longo do trabalho de parto. Todas falam de renovação, de chegada, de presença, de amor. E são tão lindas!

Tem mais sugestões? É só contar pra gente que essa lista vai aumentando!

1. Reconhecimento – Isadora Canto
Conhecida nas rodas de gestantes e frequentadores do mundo humanizado, a Isadora Canto fala com a nossa alma. E este é praticamente o hino do nascimento com respeito. Difícil segurar as lágrimas!

2. Espatódea – Nando Reis
A doçura na voz do Nando Reis sozinha já seria suficiente. Mas ele segue nos emocionando: “não sei se o mundo é bom, mas ele ficou melhor quando você chegou”. Lindo e delicado!

3. Anunciação – Alceu Valença
“Tu vens, tu vens, e eu já escuto os teus sinais”. Deixe Alceu Valença embalar o seu parto e sinta seu filho chegando com toda a entrega que essa música convida.

4. Paciencia – Lenine
Para lembrar que cada coisa chega na sua hora, nada está adiantado ou atrasado. Calma, respira e espera.

5. Vilarejo – Marisa Monte
“Peitos fartos, filhos fortes, sonhos semeando o mundo real”, Marisa Monte canta sobre a casa cheia de amor que está à espera da chegada. Maravilhosa!

6. Vieste – Ivan Lins
Mais uma para lembrar que tudo acontece na hora que tem que ser e celebrar quem está por chegar.

7. Tudo Diferente – Maria Gadu
“Todas as trilhas caminham pra gente se achar” é pra fazer qualquer parturiente se encher de força e amor pelo que está acontecendo!

8. As Coisas Tão Mais Lindas – Cássia Eller
A maravilhosa Cássia Eller acaba com o nosso coração, cantando sobre o quão bem-vindo (e lindo!) é o serzinho que está chegando.

9. Pra Você Guardei O Amor – Nando Reis e Ana Cañas
Olha o muso aí de novo! Muito bem acompanhado de Ana Cañas, embala o trabalho de parto de um jeito incrível!

10. Nascer – Isadora Canto
Olha ela aí de novo! Nossa amada chama o bebê pro lado de cá e sua voz macia completa o clima de expectativa e promessa de algo bom.

11. Debaixo D’água – Maria Bethânia
Trilha clássica dos partos, essa canção é forte, profunda, fundamental. Impossível não se emocionar com a letra que fala do ponto do vista do bebê e sua vivência com a água.

12. Acalanto – Adriana Calcanhoto
Pra embalar e cantar pro bebê do lado de dentro (ou de fora!). Uma delícia!

13. Só Tinha Que Ser Com Você – Elis Regina
“Só eu sei quando amor eu guardei, sem saber que era só pra você” – verdadeiro e totalmente apropriado pra esse que você nem viu ainda, mas já ama demais!

14. O Que Você Quer Saber De Verdade – Marisa Monte
Essa é especial pro momento que a força parece ter acabado e você acha que não aguenta mais: liberte-se, entregue-se! “Faça a sua dor dançar, atenção para escutar esse movimento que traz paz”. Coragem, você consegue!

15. Beautiful Boy – John Lenon
Vai ter um menino? Escute esse clássico de John Lennon pra embalar seu amor!

16. She – Elvis Costello
Se for ter uma menina, essa maravilhosa também vai te emocionar muito.

17. Better Together – Jack Johnson
Uma animadinha que diz o mais importante de tudo: estamos melhores quando estamos juntos! Pra dançar com o maridão e relaxar das contrações com um sorriso no rosto.

18. Eu sei que vou te amar – Tom Jobim
Na voz de Caetano Veloso, esse hino ao amor fica ainda mais lindo. “Eu sei que vou te amar por toda a minha vida” é apenas tudo que uma mãe pode cantar para um filho, não é não?

19. Dia Branco – Alceu Valença
Vem, bebê! “Se você quiser e vier pro que der e vier comigo.” Uma promessa de amor pro seu filho!

20. Sabemos Parir – Rosa Zaragosa
Você sabe parir, você vai parir. E essa música vai te lembrar disso 😉

Confira as demais músicas na nossa PLAYLIST!

Roda de Conversa: dia 23/07 vamos falar sobre as técnicas para lidar com a dor do parto

Roda de Conversa: dia 23/07 vamos falar sobre as técnicas para lidar com a dor do parto

Sábado, dia 23/07, às 09h30 tem mais uma Roda de Conversa Parto por Amor!

Nesta Roda falaremos sobre as tecnologias não invasivas para lidar com a dor no parto.

O encontro é aberto e as contribuições são voluntárias: se você não puder colaborar financeiramente, não tem problema: VENHA MESMO ASSIM!

Roda de Conversa Parto por Amor
tema: Técnicas para lidar com a dor do parto
data: sábado, dia 23/07
horário: 09h30
endereço: Rua Carlos de Vasconcelos, 155 sala 404, Tijuca (fica bem do lado do metrô!)

Esperamos vocês!

Roda de Conversa: dia 04/06 vamos falar sobre o puerpério

Roda de Conversa: dia 04/06 vamos falar sobre o puerpério

O bebê nasceu e a sua vida virou de cabeça pra baixo? Sem tempo de comer, tomar banho, fazer um xixi e parece que ninguém mais na face da terra te entende?

Calma, respira. A gente entende sim. E você não está sozinha!

Venha conversar sobre as dores e as delícias do pós-parto! Faça seu desabafo, conte pra gente como está sendo. Vamos dar as mãos e passar por isso juntas?

Nossa Roda vai acontecer no Leblon, no dia 04/06, às 9h.

O encontro é aberto e gratuito. Para participar e receber os detalhes, basta mandar a sua confirmação por e-mail: partoporamor@partoporamor.com.br.

Esperamos vocês!

Captura de Tela 2016-05-19 às 17.22.32